“Oh! Minas Gerais. Quem te conhece não esquece jamais”

 

Produzido originalmente para o jornal Tribuna de Minas

 

     Minas Gerais possui uma identidade cultural característica no cenário nacional. Isso faz com que turistas de todos os cantos do Brasil e do mundo busquem se aventurar nas terras mineiras, principalmente, próximo às férias de fim de ano e carnaval. De acordo com a Secretaria de Turismo do Estado (SETUR), o fluxo de turistas no estado no ano de 2017 foi o maior registrado, com 27,7 milhões de pessoas, 10,8% maior do que no ano anterior. A receita turística também segue este movimento, com R$ 16,8 bilhões arrecadados, valor 2,4% maior do que o de 2016.

     O setor de turismo é responsável por movimentar a atividade econômica de diversos municípios mineiros, em especial daqueles situados próximos aos parques e reservas naturais, monumentos históricos e patrimônios culturais. E ainda, de acordo com a SETUR, o número de estabelecimentos voltados para o suporte da atividade no estado tem crescido, comparado às outras atividades econômicas. O valor bruto da renda dos empregados dessa atividade também aumentou gradativamente nos últimos anos, tão como a sua representatividade perante às outras atividades. Por outro lado, o número absoluto de empregados do setor de turismo não aumentou, o que sugere ganhos de produtividade. Em relação aos transportes, o estado também obteve um relativo crescimento, tendo movimentado 11.882.498 pessoas em seus principais aeroportos em 2017 – valor 4,3% maior do que no ano anterior.

     No geral, os turistas que visitam o estado ficam satisfeitos, com uma taxa média de aprovação de 8,2, numa escala de 0 a 10, valor que se encontrava em 7,9 no ano de 2014, quando foi efetuada a última pesquisa. Os principais motivos de satisfação dos turistas correspondem às principais particularidades da cultura do interior de Minas, no caso a “Hospitalidade” (8,9) e a “Gastronomia/Restaurantes” (8,8), além da “Qualidade da hospedagem” (8,8). Outro fator que entrou no último ano, mas não fez parte da série histórica, foi a “Qualidade dos profissionais de guia de turismo”, com uma nota de 9,0.

     Com esses dados em mente, podemos notar que Minas Gerais é referência nacional quando se trata de turismo e festivais, com um aumento significativo de visitas aos parques naturais e centros históricos, além das tradicionais festas de carnaval. Por sua vez, o esforço por parte dos diversos órgãos, em especial daqueles relacionados ao poder público, precisa ser contínuo para que o estado mantenha este seu reconhecimento. Assim, algumas questões são fundamentais como por exemplo, a preservação dos parques e reservas ambientais, a conservação do patrimônio histórico e os investimentos em infraestrutura e logística.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Siga no Facebook
  • Facebook CMC