Produzido originalmente para o jornal Tribuna de Minas.

     Com o declínio dos investimentos no setor ferroviário restam apenas cerca de 30000 km de ferrovias para tráfego no Brasil. Ainda que pouco explorado no país, é evidente o papel desempenhado por um sistema ferroviário eficiente em uma economia, tais como, redução do tempo de viagem e das despesas com fretes – até mesmo com o aumento da segurança no escoamento da produção. Isso tem como resultado uma maior produtividade para a economia.
     No Brasil, cerca de 75% da produção é transportada por meio do transporte rodoviário. Essa é uma das maiores concentrações do setor rodoviário para transporte de cargas dentre as maiores economias mundiais. Isso, em partes, evidencia a ausência de políticas públicas voltadas para as ferrovias no país. Esse cenário culminou, no último mês de maio, no rápido desabastecimento ocorrido com a greve dos caminhoneiros.
     Em um ano de eleições, o cenário de desatenção em relação ao transporte sob trilhos não é diferente, apenas seis dos 13 candidatos à Presidência da República mencionaram em seus planos de governo propostas que envolvem esse modal de transporte. Dentre esses candidatos, poucos tratam o tema de forma concreta. Tal situação traz para a realidade brasileira a dúvida em relação ao futuro da mobilidade inter-regional, já que, fatores como o congestionamento das rodovias e a falta de estrutura nas estradas resultam em elevado número de acidentes e no encarecimento dos custos de produção.
     Esses fatores tornam a economia dependente de um sistema pouco eficiente, de baixa qualidade e pouco sustentável ambientalmente. Além disso, a falta de alternativas em relação aos modais de transporte e a dependência quase que exclusiva sobre a malha rodoviária acarretam na redução do bem-estar. Ainda assim, mesmo com a concordância de que o atual sistema rodoviário vigente no Brasil necessita de mudanças, a ausência de propostas para uma possível solução reduz as expectativas de melhoria do sistema. Desse modo, será, então, o Brasil um eterno dependente das rodovias?

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Siga no Facebook
  • Facebook CMC