Título de Capitalização, o melhor investimento de 2018. Para quem?

January 15, 2019

 

Produzido originalmente para o jornal Tribuna de Minas.

     PIC e Ourocap são dois dos ‘títulos de capitalização’ mais famosos do mercado e terminaram 2018 como um dos investimentos mais rentáveis. Obviamente não para você, mas sim para os bancos ofertantes – Itaú e Banco do Brasil respectivamente. Isso mesmo, aquela super oportunidade que o gerente do seu banco constantemente te oferece de participar de sorteios mensais e ainda ter o seu dinheiro 100% devolvido no final do período, corrigido pela TR (Taxa Referencial), não é nada bom, não devendo nem mesmo ser considerado como um investimento, pois rende absolutamente nada. Até novembro de 2018, os títulos de capitalização captaram de brasileiros desavisados R$ 19,1 bilhões, o que mostra que ainda temos um longo caminho a percorrer em termos de educação financeira.

     Isso porque, se considerarmos todos os anos do século XXI, a TR que remunera tais títulos nunca terminou nenhum deles acima da inflação. Ou seja, se você está colocando seu dinheiro em um título de capitalização, saiba que você está tendo perdas reais, pois o dinheiro economizado não comprará a mesma cesta de bens ao final do período do ‘investimento’. Isso acontece mesmo com a inflação caindo para menos da metade do registrado em 2015 e terminando o ano de 2018 em 3,75%. No mesmo ano, a TR terminou rendendo 0%. É isso mesmo: nem ganhos nominais foram auferidos por um detentor de um título de capitalização que não tenha tido a ‘sorte’ (a palavra é essa mesma) de ter sido ‘sorteado’ (com perdão do pleonasmo). Se você não está entre esses felizardos, é chegada a hora de tomar uma atitude mais racional em relação aos seus investimentos. Hoje é possível encontrar investimentos de renda fixa que rendem por volta de 6,5% a.a. (contra 4,24% a.a. da poupança) e que podem ser resgatados a qualquer momento. Só não espere ter a ‘sorte’ de encontrá-los com o gerente do seu banco.

     Para bater suas metas, esses gerentes precisam continuar te oferecendo todos os produtos do banco, o que inclui investimentos ruins para você (mas bons para o banco) e títulos de capitalização, que nem investimentos são. Pegue como exemplo uma pessoa que permita que o banco coloque R$ 300 por mês em um título de capitalização durante 3 anos. No final do período, ela terá direito a resgatar apenas os R$ 3.600 exatamente o que foi poupado. Já se essa pessoa aplicar o mesmo dinheiro em bons investimentos de renda fixa que ela possa sacar a qualquer momento, o valor a ser resgatado será de R$ 3.946. Mais do que um mês de investimento ‘grátis’, ou seja, sem custo nenhum.

     Para ter acesso a bons produtos, o ideal é que você procure empresas especializadas na assessoria de investimentos, que oferecem investimentos realmente compensadores sem cobrar por esse serviço, já que são remuneradas pelas corretoras de valores, empresas credenciadas a operar em todos os segmentos de investimentos do mercado financeiro. Ah, mas se eu for sorteado? Bom, nesse caso, parabéns. Mas saiba que o efeito é o mesmo de jogar na Mega Sena da Virada. Se você deseja continuar contando com a sorte para definir seu futuro, então o título de capitalização é de fato o melhor investimento para você. Nesse caso, só podemos dizer ‘boa sorte’!

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Recentes

November 12, 2019

Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Siga no Facebook
  • Facebook CMC