O Mundo Digital chegou aos Bancos

 

Produzido originalmente para o jornal Tribuna de Minas.

     Não há dúvidas de que vivemos no mundo digital. Um exemplo disso é que, nos últimos meses, vem se tornando cada vez mais populares as campanhas dos bancos digitais, no quais é possível realizar desde a abertura da conta até empréstimos pelo celular. Dia após dia, o número de opções de bancos digitais vem aumentando, principalmente com a temática de ser totalmente gratuito. De olho no filão, na última quarta-feira, a Casas Bahia anunciou a criação do seu banco digital. Mas será que eles possuem apenas benefícios? Há riscos para o cliente?

     Apesar da boa notícia do serviço totalmente gratuito, é muito importante avaliar a qualidade do suporte e atendimento que é oferecido por essas instituições caso o cliente tenha algum problema. Mesmo o banco sendo totalmente digital (o que diminui a possibilidade de erro humano), problemas e erros podem ocorrer. Nesse quesito, olhar a avaliação do banco no “Reclame Aqui” é recomendável e pode evitar maiores dores de cabeça no futuro.

     Além disso, é necessário estar atento aos serviços disponíveis, como TED, depósito por boleto, saque em caixa 24hrs, oferta de cartão de débito e crédito, empréstimo, seguro, investimento, etc.

     Um dos principais pontos a se observar é a solidez do banco: se os seus resultados financeiros estão indo bem e se possui uma boa solidez financeira, dados que indicam uma menor probabilidade de que a instituição venha a quebrar no futuro. Mesmo que isso ocorra, é bom lembrar que a conta corrente do banco digital também é garantida pelo Fundo Garantidor de Crédito até um limite de R$ 250 mil por CPF e Instituição Financeira.

   O movimento é tão forte que até os bancos tradicionais já possuem as suas plataformas digitais, gerando a facilidade para o cliente de fazer todas operações bancárias pelo celular. No caso desses, o que ainda falta é baixar as taxas.

     Como em  quase toda a vida financeira, entre tantas opções, o mais aconselhável é buscar a mais abrangente e segura e que ofereça o menor custo, não buscando apenas o mais barato, mas sim o que oferece a melhor relação custo-benefício. Aqui também vale a máxima: o que é barato pode sair caro se a plataforma escolhida for instável e a oferta de serviços for ruim.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Siga no Facebook
  • Facebook CMC