Setores de comércio e de transformação contribuindo para o crescimento econômico em Minas Gerais

September 2, 2019

 

Produzido originalmente para o jornal Tribuna de Minas.

     De acordo com os últimos dados disponibilizados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), no mês de julho deste ano, Minas Gerais foi o segundo estado que mais criou novos postos de trabalho em todo o Brasil, com participação de 12,11% de todos os 2,6 milhões de empregos criados. Somente na Zona da Mata, 24 mil pessoas foram empregadas em diversos setores e em diversas cidades, sendo que Juiz de Fora se mostrou aquela que mais cresceu em toda a região.

    Neste município, 9013 novos empregos foram gerados, sendo os setores de comércio, reparação de novos veículos e motocicletas os mais representativos (27%), seguidos por indústria de transformação (12,3%) e atividades administrativas e complementares (11,9%) - aqueles que mais contrataram. Em comparação com julho de 2018, Juiz de Fora gerou 5,11% empregos a mais. Em toda a Zona da Mata, os setores de comércio e de transformação conjuntamente foram responsáveis por 46% de todas as admissões no mês passado e, analisando meses anteriores, esses setores também apresentaram crescimento desde abril.

    Para o crescimento do setor comercial, a organização das empresas atuantes aparece como causa do consequente aumento. Eventos realizados como o Super Encontro Varejista (SEVAR) e a Convenção Estadual da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Minas Gerais (FCDL) tem por objetivo estimular o crescimento, avaliar de forma crítica e construtiva os passos tomados e definir metas futuras para o setor. O setor de transformação, de acordo com os dados do portal Econodata, é representado por 6164 empresas somente em Juiz de Fora, número este que vem crescendo nos últimos meses, demonstrando sua capacidade de expansão e abrangência.

     De modo geral, Minas Gerais, diferentemente de alguns outros estados brasileiros, e principalmente a Zona da Mata, apresentou um comportamento positivo de crescimento nos últimos meses de 2019, sendo propiciado pelo número crescente de agentes atuantes no mercado e pela organização que cada setor apresentou. A prospecção é de que este desempenho gere frutos positivos para o estado de forma a dinamizar a sua economia com vistas a uma retomada consistente do crescimento.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Recentes

February 17, 2020

January 7, 2020

Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Siga no Facebook
  • Facebook CMC