Os movimentos temporários de fim de ano

December 17, 2019

 

Produzido originalmente para o jornal Tribuna de Minas.

     Quando se trata de fim de ano, uma data se torna o foco dos serviços e do comércio varejista brasileiro: o Natal. Não é para menos, segundo a Fecomércio MG (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Minas Gerais), o Natal não é só um importante período de confraternizações, mas também a de maior importância para o comércio no ano, em decorrência de sua tradicional importância cultural. Com isso, o consumidor vai às ruas ou, mais recentemente à internet, para comprar seus presentes, consumindo mais. 

     Portanto, tais setores precisam se preparar para o aumento de demanda a cada final de ano, aumentando os estoques e contratando trabalhadores temporários para ajudarem com as vendas. Em 2019, segundo a estimativa da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas juntamente ao Serviço de Proteção ao Crédito (CNDL/SPC Brasil), a expectativa é de que, por todo o país, sejam contratadas cerca de 103 mil pessoas nos setores de comércio e serviços até o mês de dezembro, representando um aumento de 43,8 mil postos, se comparado ao mesmo período de 2018.

  O aumento das contratações temporárias é resultado das expectativas do empresariado para este ano. No estado de Minas Gerais, por exemplo, a Fecomércio MG estimou que 75% dos empresários pesquisados pelo órgão esperam que as vendas serão iguais ou melhores que em 2018. Já a pesquisa da CNDL/SPC Brasil de expectativas de vendas e resultados para o Natal de 2019 (que engloba o cenário nacional), estima que cerca de 119,8 milhões de pessoas irão movimentar o consumo do país no período.

     Por fim, vale também destacar que as contratações de fim de ano também são feitas para atender outras datas de alta demanda, como a Black Friday, que cresce em popularidade. Com isso, por causa do tipo das contratações, não é incomum observar reduções nas taxas de desemprego no final do ano e aumentos da mesma no decorrer do primeiro trimestre do ano seguinte. Sendo assim, os efeitos das contratações temporárias não só possuem seu maior destaque nas movimentações de fim de ano, mas como continuam tendo consequências após o Natal.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Siga no Facebook
  • Facebook CMC