Novo ano, novas expectativas

January 15, 2020

 

     A economia brasileira em 2019 não atingiu algumas expectativas existentes em seu início. O Banco Central, através do Relatório Focus da primeira semana de janeiro, estimava um crescimento de 2,55% do PIB. Porém, um ano depois, após um cenário político volátil, o atraso da aprovação de reformas propostas (vide a reforma da previdência) e uma economia mundial em um ritmo mais lento, espera-se que o crescimento de 2019 fique em torno de apenas 1,17%. Sendo assim, mesmo após três anos da última retração, no ano de 2016, é esperado que o PIB brasileiro não chegará à casa dos 2% como as expectativas indicavam a cada novo ano que se iniciava.

     Deve-se atentar também que, após a recessão de 2016, o Brasil não obteve a almejada estabilidade político-econômica que facilitaria a vida dos modelos preditivos. No final de 2017, as perspectivas de retomada da atividade econômica para 2018 eram altas. Àquela altura, os índices de confiança cresceram após se reduzirem nos dois anos anteriores marcados pela recessão. Porém, 2018 foi outro ano marcado por situações adversas que travaram o crescimento e contrariaram as previsões, como a greve dos caminhoneiros.

     Para 2020, institutos como o Banco Central e o IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), voltam a estimar um crescimento do PIB maior que 2% (tanto o relatório focus do início de janeiro quanto a Carta de Conjuntura do IPEA já calculam um crescimento de 2,30%). A taxa Selic baixa, o efeito carry over (a chamada herança estatística, efeito em que resultados de um ano, como o caso, interferem no próximo) e a consolidação do novo governo, junto ao empenho em aplicar as reformas necessárias, são alguns dos fatores que contribuem para a expectativa positiva do ano.

     Por fim, mesmo com um cenário nacional mais favorável, vale destacar que 2020 já começa com instabilidades no cenário internacional. As tensões entre os Estados Unidos e Irã atraem incertezas para importantes mercados, principalmente o do petróleo, onde variações bruscas de preço atingem o mercado nacional.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Siga no Facebook
  • Facebook CMC