O carnaval e seus impactos econômicos no Brasil


Produzido originalmente para o jornal Tribuna de Minas.

O Brasil é mundialmente conhecido pelo carnaval, comemoração festejada em todo país. O feriado também é um dos mais impactantes no Brasil, já que é responsável por movimentar boa parte da economia em setores como turismo e negócios, influenciando positivamente no cenário econômico geral do país pelo resto do ano. Em 2020, o Rio de Janeiro ainda permanece como um dos destinos mais procurados e Belo Horizonte tem apresentado aumento na sua procura, se destacando por receber, em sua maioria, cariocas e mineiros para as suas festividades.


O verão carioca, combinado com o cenário do carnaval, é a maior atração turística do país. Para este ano, a Prefeitura do Rio de Janeiro, por exemplo, estima sete milhões de foliões e a meta é ultrapassar R$ 4 bilhões de movimentação econômica na cidade. Ainda segundo a prefeitura da cidade, serão investidos R$ 100 milhões no carnaval deste ano, incluindo balanço de todos os órgãos públicos, sendo que R$ 16 milhões serão direcionados ao desfile no sambódromo carioca, dinheiro que envolverá operações de agências como a Riotur (Empresa de Turismo do Município do Rio de Janeiro) e a Comlurb (Companhia Municipal de Limpeza Urbana), além de despesas básicas como água e luz.


A capital mineira também é escolhida como um dos destinos desse carnaval. Em Belo Horizonte são esperados 5 milhões de foliões nas ruas, 20% a mais do que em 2019. Em 2020, os hotéis esperam movimentar entre R$ 50 milhões e R$ 70 milhões com hospedagem em toda a região metropolitana, segundo o Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de BH e Região Metropolitana (SINDHORB). Para atender à alta demanda, bares e restaurantes que não funcionavam durante os dias de folia, também pretendem funcionar no período. Dessa forma, 80% desses restaurantes devem funcionar durante o feriado, com previsão de faturamento de R$ 35 milhões em 2020, segundo o sindicato. Ainda de acordo com o sindicato do setor, o consumo médio dos foliões no período varia entre R$ 500 e R$ 700, o que acarretará um ganho positivo para a economia da região.


Dessa forma, a alegria e a diversão do carnaval não irão faltar. O Rio de Janeiro atrai foliões pela diversidade de atrações dessa festividade. A cidade se destaca por suas escolas de samba que abrangem temas relevantes e marcantes no dia a dia e mostram a beleza do carnaval pelo sambódromo local. Belo Horizonte não fica de fora. A capital mineira se destaca por blocos de rua destinados a todos os foliões, sendo um forte atrativo àqueles que não desejam gastar muito com blocos fechados. Assim, samba e folia estarão garantidos entre dos dias 21 e 25 de fevereiro e as cidades ganham economicamente com a movimentação de turistas, sendo um forte atrativo para que estas recebam bem os seus foliões.

#Setorial

Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga no Facebook
  • Facebook CMC